Imagem capa - SOU VISTO, LOGO EXISTO  por Luciana Faria
Família

SOU VISTO, LOGO EXISTO


Hoje viemos trazer para você um texto muito bacana sobre a chegada do bebê e seus primeiros cuidados e contatos com a família.  Assunto abordado pela querida amiga e psicóloga Juliana Di Lorenzo

Olhar que confirma!  O olhar dedicado ao bebê contribui para o processo de amadurecimento e integração deste novo Ser. Logo, ser visto e reconhecido - principalmente pela figura materna - inspira o sentimento de existência. Por isso, durante os momentos de contato na rotina de cuidados (banho, troca, amamentação, acalentar) é fundamental que a mãe ou cuidador(a) esteja entregue e inteira, ou seja, em estado de presença. Aproveite para acarinhar e sentir o bebê como um todo, desde os dedinhos, a cabecinha, o tronco, os pezinhos. Converse, cante, olhe direto nos olhinhos, em um movimento de legitimação e confirmação desta Vida. O modo como o bebê é recebido PELO mundo, influirá diretamente no modo como ele irá se abrir PARA o mundo.


JULIANA DI LORENZO  Psicóloga Clínica e Materna  Educadora Perinatal 

Contato: (35)9 8837-4550



E então? Se você gostou deste conteúdo e acha que ele pode ajudar mais alguém, compartilhe para que seus amigos também tenham acesso.


O seu feedback é super bem vindo! 

Abraços
Luciana Faria